Twibi Giga

Roteador wireless Mesh

Muito mais que roteadores, os twibis se comunicam criando uma conexão Wi-Fi que distribui um sinal sempre forte e constante por onde você passar
Cores

Máxima velocidade para sua internet

Ele tem 2 portas Giga, ideal para planos de internet acima de 100 Mbps e com mais módulos é possível ampliar a cobertura do Wi-Fi em até 180 m² por twibi

Instale e controle tudo facilmente pelo aplicativo

Funções como Controle parental, Bloqueio de usuários, Rede de visitantes e muito mais

Todo mundo online ao mesmo tempo

O twibi conecta até 60 dispositivos com qualidade, ou seja: você pode acessar mais de um dispositivo e ainda deixar todo mundo conectado sem problemas

Um Wi-Fi especial para suas visitas

O twibi permite que você crie e gerencie redes especiais para seus visitantes e compartilhe a senha com facilidade

Onde pode ser utilizado?

  • Como faço para restaurar um Twibi para o padrão de fábrica?

    Ligue o Twibi na tomada e aguarde ele iniciar, segure o botão Reset por 10 segundos até o LED ficar na cor cinza.

  • Posso adicionar mais módulos Twibi na minha rede MESH?

    Sim, basta adquirir os módulos adicionais desejados e adicioná-los à sua rede. Recomendamos utilizar no máximo 6 Twibis para uma boa performance da rede. 

  • Como acessar a página de gerenciamento web?

    O Twibi não possui uma interface de gerenciamento web, toda configuração é feita utilizando o app Wi-Fi Control Home.

  • Qual a área de cobertura do Twibi Giga?

     Cada módulo do Twibi Fast cobre uma área de até 180 m². O kit com 2 unidades cobre até 360m². Adicione mais módulos caso deseje cobrir uma área maior.

  • Posso conectar os Twibis via cabo de rede? O sistema MESH vai funcionar?

    Sim, o sistema Mesh do Twibi permite que você faça a conexão entre os Twibis via cabo de rede, com funcionamento normal. Essa conexão é conhecida por Ethernet backhaul. 

  • Como posso limpar o meu Twibi?

    Recomendamos limpar o Twibi com a combinação de pano úmido + sabão neutro

  • Como adicionar um novo Twibi a rede?

    Nesse vídeo tutorial, mostramos como adicionar um novo Twibi à rede:

  • Como configurar o acesso à internet no sistema Wi-Fi Mesh

    Para configurar o acesso a internet no Sistema Wi-Fi Mesh, siga os passos descrito em nosso vídeo tutorial:

     

  • Como liberar as portas para acesso externo

    Nesse vídeo tutorial, mostramos como fazer a configuração de Redirecionamento de portas:

     

  • Como criar uma rede visitante

    Para criar uma rede visitante no Twibi, assista ao nosso vídeo tutorial onde mostramos passo a passo a configuração:

     

     

  • Como alterar o endereço de IP LAN

    Nesse vídeo tutorial mostramos passo a passo como alterar o endereço de IP do Twibi:

     

     

  • Quantos dispositivos posso conectar ao sistema Mesh

    O sistema Mesh do Twibi Fast suporta até 40 dispositivos.

  • Ter muitos espelhos em casa pode prejudicar o sinal de Wi-Fi dentro de uma casa? Se sim, por que?

    Sim. O problema principal dos espelhos é a camada de metal que possuem na parte de trás. Esse metal causa alguns efeitos nas ondas eletromagnéticas, sendo o principal deles a reflexão. Por isso, em ambientes com mais espelhos a propagação do sinal wireless pode ser sim prejudicada, consequentemente diminuindo a área de cobertura e a qualidade da rede. 

  • Além dos espelhos existem outros objetos domésticos que podem prejudicar o sinal de internet em uma casa?

    Sim, qualquer objeto que interfira na propagação das ondas eletromagnéticas, como móveis e objetos metálicos, além de qualquer equipamento que opere na mesma frequência ou que eventualmente gere ruídos eletromagnéticos que causem interferências nas faixas de frequência utilizadas pelos roteadores. Por exemplo, podemos citar telefones sem fio analógicos, equipamentos bluetooth, micro-ondas, aquários, móveis com estruturas metálicas, dentre outros.

  • O tipo de construção da casa (paredes grossas ou mais finas) pode diminuir a eficiência do Wi-Fi?

    Sim, as paredes podem ser vilãs para o sinal Wi-Fi e, quanto mais grossas, pior para a propagação do sinal. Alguns materiais usados na construção em alvenaria, como por exemplo, tijolos, cimento e azulejos, criam “barreiras” para a propagação do sinal Wi-Fi. Por isso, geralmente quanto mais grossas as paredes, menos sinal conseguirá “atravessar” para o outro lado.

  • Os roteadores modernos têm redes em duas frequências: 2,4 GHz e 5 GHz. Qual é a recomendada para se usar em casa?

    Tudo dependerá de quais equipamentos você irá utilizar em sua rede. Para você utilizar redes dual band, em especial se sua intenção é usufruir da rede 5 GHz e de padrões mais recentes como o AC, seus dispositivos, como smartphones e smart TVs deverão ser compatíveis com essas tecnologias. Atualmente boa parte dos equipamentos mais modernos possuem essa compatibilidade, mas sempre vale a pena verificar as especificações fornecidas pelos fabricantes.  A vantagem da rede 5 GHz é que, atualmente, é menos poluída porque possui mais canais disponíveis e ainda não há tanta densidade de redes como é o caso da rede 2.4 GHz, principalmente em locais mais povoados. A grande vantagem em investir em um roteador dual band AC é que mesmo seus equipamentos mais antigos continuarão podendo acessar a rede normalmente, utilizando por exemplo a conexão cabeada ou então a rede Wi-Fi 2.4 GHz. Já seus equipamentos mais modernos poderão ter acesso a uma rede de maior capacidade, como é o caso da 5 GHz AC. Mas fique de olho: é importante também que você escolha equipamentos que atendam também a outros fatores que irão influenciar diretamente na sua experiência de conexão, por exemplo, velocidade do seu plano de internet, quantidade de dispositivos na sua residência e área de cobertura necessária.

  • De maneira geral, onde é o melhor lugar para se colocar um roteador? Em locais altos, presos à parede?

    Em resumo, quanto mais no centro da área que se deseja cobrir com sinal Wi-Fi, melhor. As ondas eletromagnéticas se propagam para todas as direções a partir do roteador, então, imagine essa propagação com um formato semelhante ao de uma pizza, em que no centro está o roteador e quanto mais próximo da “borda”, mais fraco vai ficando o sinal. Além disso, posicionar em um local mais alto é uma boa ideia, pois evita os obstáculos que geralmente estão em níveis mais baixos. Roteadores mais modernos contam também com tecnologias como o Beamforming para direcionar de forma mais inteligente o sinal. Mas se você tem uma área muito grande para cobrir, ou então não tem possibilidade de posicionar seu roteador no melhor local para propagação do sinal e precisa de uma rede com maior performance, há alternativas como equipamentos mesh, que vem se popularizando cada vez mais no mercado.

  • Antenas maiores propagam melhor o sinal?

    Não necessariamente. O que é importante no caso das antenas é o ganho (em dBi) que possuem, associado à potência do rádio ao qual estão conectadas. Esse “casamento” (chamado potência E.I.R.P.) é que faz com que os produtos tenham melhor performance.

  • O que são essas siglas e números que compõe o nome dos roteadores? Por exemplo, N 300, AC 1200, etc.

    Essas siglas (N, AC, etc.) se referem ao padrão Wi-Fi que o equipamento suporta (802.11n, 802.11ac, etc.). Recentemente foi criada a nova nomenclatura pela Wi-Fi Alliance, com isso, o padrão N foi chamado de “Wi-Fi 4” e o AC “Wi-Fi 5”, visando a simplificação dos termos. Já o numeral é a máxima velocidade teórica da camada física da rede wireless, geralmente somando e arredondando as velocidades de ambas as frequências (2.4 GHz e 5 GHz). Por exemplo, um roteador AC 1200 se refere a 300Mbps em 2.4 GHz e 867Mbps em 5 GHz AC, ou seja, 1167Mbps nominais.

  • Na prática, qual a velocidade máxima que devo conseguir no meu roteador?

    Tudo vai depender de diversos fatores, como:

    • 1) plano de internet contratado.
    • 2) velocidade suportada pelos seus dispositivos conectados à rede.
    • 3) número de dispositivos conectados – quanto mais dispositivos, mais sobrecarga na rede.
    • 4) outras redes ou outros dispositivos próximos que podem causar interferências.
    • 5) distância e número de obstáculos entre o roteador e os dispositivos.
    • 6) velocidade do roteador: com todas as condições favoráveis atendidas, geralmente a eficiência de redes Wi-Fi N e AC chega a até 75% da velocidade máxima teórica da camada física.

    Por exemplo, se o seu dispositivo está conectado a uma rede 5 GHz AC com velocidade nominal de 867Mbps, em condições ideais irá atingir uma velocidade prática de até 650Mbps, devido aos mecanismos de controle de comunicação da rede. Seguindo a mesma linha, um dispositivo N300 atingirá máxima prática de até 225Mbps. Outro fator a ser observado é a porta para conexão com a internet, que deve suportar a velocidade desejada. Importante observar que, em ambientes práticos e comuns do dia a dia, essas velocidades raramente serão atingidas, principalmente pelos fatores citados anteriormente.

Como adicionar um módulo ao seu sistema Wi-Fi Mesh
Como configurar o acesso à internet no sistema Wi-Fi Mesh
Configuração de Redirecionamento de portas
Configuração da Rede Visitante