HDCVI 1032

Gravador digital de vídeo tríbrido

O gravador digital Intelbras HDCVI grava e transmite imagens em HD (720p) utilizando os mesmos cabos e acessórios do sistema analógico.
Cores

HDCVI 1032
 

Os equipamentos da linha Intelbras HDCVI gravam e transmitem imagens em HD utilizando os mesmos cabos e acessórios¹ do sistema analógico. Sem a necessidade de novos cabos, são a solução ideal para quem deseja imagens em resolução 720p (HD) com baixo custo. E o melhor, a instalação é rápida e descomplicada.

¹ Exceto balun ativo e conversores de mídia.


HDCVI 1032

Configuração simplificada

Com Intelbras Cloud, em 3 simples passos você acessa as imagens remotamente. Primeiro, conecte o cabo de rede ao DVR; depois, faça o download do iSIC na Apple Store ou na Google Play Store; por fim, leia o QR code na tela e acesse as imagens. Acesse: www.intelbrascloud.com.br
 

Obs.: no caso de mais de uma conexão simultânea ao DVR, a soma dos canais visualizados por todos os usuários deve respeitar a quantidade máxima de 32 canais.


HDCVI 1032
Tecnologia Tríbrida

O HDCVI 1032 é capaz de gravar e gerenciar imagens nas três tecnologias – analógica, HDCVI e IP –, proporcionando muito mais flexibilidade aos projetos de CFTV.


HDCVI 1032


HDCVI 1032

Modo de operação utilizando todos os canais analógicos

O DVR HDCVI 1032 permite a utilização de 30 canais com resolução HD 720p @ 15 FPS e 2 canais com resolução 720p @ 30 FPS ou 32 canais com tecnologia analógica convencional com resolução 960H @ 30 FPS.


HDCVI 1032

Modo de operação IP + analógico

No modo de operação com as duas tecnologias, é possível ter 4 canais IP com resolução de 720p @ 30 FPS, 28 canais com tecnologia HDCVI na resolução 720p @ 15 FPS ou na tecnologia analógica com resolução 960H @ 30 FPS.


HDCVI 1032
Imagens em alta qualidade

O DVR HDCVI 1032 grava imagens com resolução HD (720p @ 15 FPS), garantindo melhor definição e riqueza de detalhes. Além disso, a tecnologia oferece maior alcance de transmissão e integração dos sistemas de áudio e controle PTZ em um único cabo de vídeo. 


HDCVI 1032
Praticidade

Possui matriz virtual que permite reposicionar as imagens do plano de visualização sem precisar trocar os cabos de instalação. Além disso, exporta os vídeos em AVI, formato compatível com o Windows Media Player, dispensando o uso de programas para conversão.


HDCVI 1032

Tecnologia Auto Sense

De forma prática, podemos conectar aleatoriamente as tecnologias HDCVI ou analógica nos canais do DVR e ele automaticamente fará a identificação.


HDCVI 1032Máxima capacidade

Com capacidade para 2 disco rígido padrão SATA.

Obs.: para melhor funcionamento do DVR, recomendamos o uso dos HDs WD Purple.


HDCVI 1032


Conheça as vantagens em utilizar o WD Purple específico para CTFV, assista ao vídeo:

 

  • Aonde encontro o aplicativo para acessar o DVR via celular?
    Resposta: 

    Se o sistema operacional do seu celular for Android, iOS ou Windows Phone, acesse a loja de aplicativos do seu smartphone, que são respectivamente: Play Store, App Store e Market Place e busque por Intelbras, será exibida todas as versões disponíveis do Software iSIC para download.Caso o sistema operacional do seu celular seja BlackBerry, Windows Mobile ou Symbian, realize o download do Software no nosso site.

    Obs:Verifique se o seu DVR e o seu celular possuem os requisitos necessários para uso do aplicativo.

  • Perdi a senha de acesso do meu DVR, como devo proceder?

    Para garantir a segurança de nossos sistemas de CFTV, não é permitido que a senha do usuário administrador do gravador de vídeo seja resetada.  Em caso de perda da senha, você pode recuperá-la através de perguntas de segurança ou do e-mail pré-configurado no produto.

    Esse recurso está disponível em gravadores da linha Multi-HD® (confira o manual do seu produto no site da Intelbras para mais informações). Caso não se lembre das perguntas de segurança, não tenha acesso ao e-mail cadastrado ou tenha um gravador Intelbras que não seja da linha Multi-HD®, você pode encaminhar o produto para assistência técnica ou solicitar uma nova senha à Intelbras.

    Caso você opte por solicitar a senha à Intelbras, o responsável pelo gravador deve nos enviar o Termo de Responsabilidade preenchido e assinado.

    Download do Termo de Responsabilidade

    Esse procedimento não será aplicado aos modelos de gravadores: NVD 3116, NVD 3116 P, NVD 7132 e NVD 5124. Para estes modelos você deverá encaminhar o gravador pra uma de nossas assistências. Clique aqui e consulte a assistência técnica mais próxima.

    O termo deverá ser encaminhado via e-mail para senha@intelbras.com.br.

    Assim que forem recebidos, serão conferidos e, se estiverem de acordo, enviaremos a nova senha em até 24 horas úteis.

    Ao enviar a documentação, favor informar a data que consta na tela inicial do seu gravador e o número de série da etiqueta, que se encontra na parte de baixo do produto.

     

    Localização da data

    Em caso de dúvidas, entre em contato através do nosso chat online.

    Obs.: a senha adquirida é válida apenas para o dia em que foi repassada e deverá ser utilizada diretamente no equipamento (com auxílio de monitor e mouse conectados a ele). O Termo de Responsabilidade é valido por um período de 15 dias.

    O Termo Deve ser assinado a caneta, feito a mão o termo tem que ser igual ao do original.

  • O usuário do meu DVR foi bloqueado, como desbloqueá-lo?
    Resposta: 

    O usuário do DVR é bloqueado quando são realizadas 3 tentativas de acesso com a senha errada.
    O bloqueio dura 30 minutos, a partir da ultima tentativa realizada. Orientamos que o cliente aguarde um período de 30 a 40 minutos para tentar novamente o acesso.

    Caso você possua o seu DVR cadastrado em algum software como o iSIC ou SIM, verifique se a senha digitada está correta.

    Caso você tenha perdido a senha do usuário administrador, acesse o nosso procedimento de recuperação de senha.

     

  • Como testar se as portas estão redirecionadas (liberadas)?
    Resposta: 

    Clique aqui para testar. Coloque o endereço de IP (válido) ou domínio no campo Remote Address e no campo Port Number coloque a porta a ser testada, depois clique em Check.

  • Não recebi o e-mail de confirmação do Intelbras DDNS, como devo proceder?
    Resposta: 

    Você tem um prazo de até 30 dias para validar o seu domínio, a partir da criação. 
    Orientamos que a caixa de Spam/Lixo eletrônico seja verificada. Caso realmente não tenha recebido o e-mail, envie para suporte@intelbras.com.br os dados abaixo:

    - DDNS cadastrado atualmente no DVR;
    - Porta HTTP e de serviço configuradas na guia de rede do DVR;
    - IP válido fornecido pelo provedor de internet (essa informação pode ser confirmada acessando o site www.meuip.com.br de um computador que está conectado a mesma rede do DVR);
    - MAC do DVR, o MAC pode ser localizado na guia de rede, visualizada remotamente, dentro da guia Intelbras DDNS e fisicamente em uma etiqueta fixada na placa, dentro do DVR;
    - Número de série do DVR, o Nº de série pode ser localizado embaixo do DVR em uma etiqueta com o código de barras.

  • Possuo uma câmera IP de outro fabricante, ela funcionará em NVRs Intelbras ou DVRs híbridos/tríbridos?
    Resposta: 

    Os NVRs Intelbras e DVRs híbridos/tríbridos, além de trabalharem com o nosso próprio protocolo de comunicação, Intelbras1, trabalham com o protocolo ONVIF perfil-S. O ONVIF pode ser usado na comunicação entre NVR/DVR e câmera IP, mas não garantimos o funcionamento, pois trata-se de um protocolo aberto e podem haver variações no desenvolvimento do mesmo. É possível verificar se uma câmera possui ONVIF perfil-S no site www.onvif.org/FindaProduct/ProfileProducts.aspx

  • Não consigo redirecionar as portas e acessar meu DVR externamente
    Resposta: 

    Utilize o Intelbras Cloud para acessar seu DVR de qualquer local de maneira rápida e fácil, assista o vídeo que explica o que é o Intelbras Cloud e como configurá-lo.

  • Tenho um DVR e/ou NVR Intelbras e gostaria de saber qual a importância de fazer um backup constante e como fazê-lo?
    Resposta: 

    É importante fazer um backup constante para segurança das imagens. Em caso de assalto ao local, se o DVR for roubado, serão perdidas as imagens. Existem várias maneiras de fazer o backup constante das imagens, elas são:

    Via FTP: é necessário ter um computador (pode ser rede local ou externa) ligado 24h/dia, com um software (de terceiros) recebendo os arquivos de vídeo e/ou foto. A capacidade máxima de armazenamento será a do HD do computador. O arquivo de vídeo será enviado ao servidor FTP após estar completo (o tempo de duração é definido no menu Geral do DVR).

     

    Via software SIM/SIM Plus: SIM é o software da Intelbras usado para visualização das imagens em um computador (pode ser rede local ou externa), que deve ficar ligado para fazer o backup. A capacidade máxima de armazenamento é determinada pela capacidade do HD do computador. O software possui a função “Gravação local” para tal finalidade. O SIM fará uma gravação simultânea, não é necessário o arquivo de vídeo estar completo para ser enviado. No SIM Plus, além da gravação local tem a ferramenta PC-NVR, que poderá gravar localmente em um computador até 16 canais.

     

    Via NVR: Em nossos NVRs é possível adicionar canais de DVRs e câmeras IPs que estejam tanto na rede local, quanto na rede externa. A capacidade máxima de armazenamento é determinada pela capacidade dos HDs instalados no NVR de backup. O envio das imagens é feito de forma simultânea à gravação, não é necessário o arquivo de vídeo estar completo para ser enviado.

     

    Via software Ferramenta de Backup: Ferramenta de Backup é um software gratuito da Intelbras e deve ser instalado em um computador. O objetivo do software é fazer backup constante das gravações. A capacidade máxima de armazenamento é determinada pela capacidade do HD do computador. O Ferramenta de Backup faz backups de gravações de, no mínimo, 24h antes.

    https://www.intelbras.com.br/empresarial/monitoramento/softwares-aplicat...

  • No menu do Intelbras DDNS está aparecendo IP desatualizado, já cliquei em “OK” e não resolve. Isso é um problema? Como eu resolvo?
    Resposta: 

    Primeiro, é necessário verificar se é um problema. Da seguinte forma:

    Vá até um computador na rede local do DVR. Abra o menu Iniciar do seu Windows, digite “cmd” e aperte Enter. Na tela preta que abriu, digite: ping nome de domínio.ddns-intelbras.com.br e aperte Enter, anote o IP que apareceu. Agora, entre no site “meuip.com.br” e verifique qual o IP externo da sua rede, anote esse IP também. Com os dois IPs anotados, compare-os. Se forem iguais, não há problema algum. Se forem diferentes, há problemas que são resolvidos da seguinte forma:

    Anote as configurações de rede do seu DVR, após isso, com mouse e monitor conectados ao DVR, vá em Menu Principal > Ajustes > Padrão e dê um padrão somente no menu Rede. O DVR vai reiniciar. Reiniciado o equipamento, reconfigure o menu Rede do seu DVR para acesso local. Verifique se o DNS preferencial e o alternativo estão no padrão de fábrica (8.8.8.8 e 8.8.4.4, respectivamente). Por último, vá no Menu do Intelbras DDNS, preencha os dados novamente e clique em OK.

    Caso o procedimento acima não resolva o problema, entre em contato com o nosso suporte técnico.

Este produto deve ser configurado por um técnico qualificado.