Solução térmica da Intelbras utilizada em estádios identifica pessoas com febre, um dos sintomas da COVID-19, e o uso de máscaras.

camera-termica-intelbras-case-02

Solução Térmica Intelbras no acesso da Arena Condá (estádio da Chapecoense)

A distribuidora Discfone firmou parceria com a Federação Catarinense de Futebol (FCF) para proporcionar mais segurança nas partidas do Campeonato Catarinense de 2020. Soluções térmicas da Intelbras, indústria brasileira desenvolvedora de tecnologias, estão aferindo a temperatura e identificando o uso de máscaras no acesso dos jogadores, equipe técnica e imprensa aos estádios. O sistema, que também será usado nas finais do Campeonato (dias 09 e 13 de setembro), já foi utilizado nos jogos entre Juventus e Brusque e entre Chapecoense e Criciúma, e nas semifinais realizadas em julho na Arena Condá (Chapecoense x Criciúma) e no estádio João Marcatto (Juventus x Brusque) na cidade de Jaraguá do Sul (SC).

“Faz parte dos valores da Discfone apoiar o esporte catarinense; já patrocinamos o time Chapecoense em 2007 e agora nosso foco é a segurança a preservação da saúde dos jogadores que estão disputando o campeonato estadual”, afirma Sidney Rossetti, Gerente Regional da Discfone. “Temos um relacionamento muito próximo da Federação Catarinense de Futebol e eles aceitaram de imediato quando sugerimos a solução térmica da Intelbras para o controle de acesso aos estádios pois entenderam de imediato os benefícios trazidos por ela”, complementa o executivo.

A tecnologia

Os equipamentos estão sendo usados nos procedimentos de acessos dos jogadores, imprensa e comissão técnica aos estádios. Todos os envolvidos passam em fila diante das câmeras que fazem a aferição da temperatura de forma rápida e eficiente, sem gerar aglomerações e garantindo a segurança do evento. Além disso, a função de reconhecimento facial da solução, identifica se cada pessoa está respeitando o uso da máscara no momento da entrada.

A solução tecnológica da Intelbras é composta por câmera térmica, gravador inteligente de imagens, equipamento de precisão para medição de temperatura e Software de Monitoramento. A solução identifica e gera alertas de pessoas com alta temperatura, um dos sintomas da COVID-19, de forma automática com auxílio da Inteligência Artificial, podendo acionar sistemas de alarme, controle de acesso, avisos na tela do operador, entre outros. A solução térmica da Intelbras mede a temperatura de até 15 pessoas simultaneamente, ajudando a identificar rapidamente possíveis doentes e evitar que eles entrem nos estádios.

“A solução térmica impressionou muito a Federação Catarinense de Futebol e os Clubes por onde ela passou. Esse sistema de triagem tecnológica agradou a todos; ele é moderno, eficiente, proporcionando o fluxo rápido nos acessos aos estádios, evitando filas e aglomeração. A solução está deixando as partidas mais seguras e inteligentes”, afirma Roger XX da FCF.

“A pandemia do novo coronavírus trouxe diversos desafios para o esporte em geral. A segurança e a saúde dos jogadores e de todas as pessoas envolvidas com o Campeonato Catarinense de futebol se tornaram uma prioridade, portanto é realmente gratificante poder contribuir, através da nossa distribuidora Discfone, para isso”, afirma Susana Brockveld, Diretora de Marketing da Intelbras. “O lema da Intelbras é sempre próxima. Somos uma indústria catarinense que já vem apoiando o esporte brasileiro com o patrocínio, por exemplo, da Copa do Brasil. Agora nossa tecnologia de ponta está em uso em Santa Catarina, temos certeza que ela está tornando a competição ainda mais segura”, complementa a executiva.

Próximos passos

A Discfone está discutindo desenvolver um projeto para segurança com soluções térmicas da Intelbras nos acessos do público e para os estádios junto com a Federação Catarinense de Futebol. “Cada arena tem um número de acessos diferentes, nossa proposta é personalizada e individual para cada um dos estádios. O objetivo é deixar os jogos cada vez mais seguros para os atletas, as comissões técnicas e para o público que voltará a assistir, eventualmente, as partidas. As soluções térmicas são ideias para lugares de grande circulação pois medem a temperatura de até 15 pessoas simultaneamente e com muita rapidez, evitando aglomerações e promovendo o distanciamento entre os torcedores”, afirma Rossetti

As soluções térmicas da Intelbras serão utilizadas novamente no acesso a Arena Condá e no Estádio Augusto Bauer dos jogadores, comissão técnica e imprensa na final do Campeonato Catarinense de Futebol. As partidas entre Chapecoense e Brusque serão realizadas nos dias 09 e 13 de setembro.

camera-termica-intelbras-case-01

Colaboradores da Discfone e solução térmica instalada no estádio Jaraguá do Sul